Orçamentos

Blog

Fique por dentro das novidades da zoeweb e da tenologia de streaming

A Zoeweb já publicou uma série de posts com dicas para seu curso de EAD. Destacamos algumas possibilidades para criar os cursos com baixo orçamento [link da matéria], demos dicas para tornar as aulas mais interessantes [link da matéria], atrair mais alunos para seu EAD e também mostramos como manter seu alunos interessados em suas produções.

A intenção agora é apresentar o passo a passo da criação de cursos online, indo desde a fase de planejamento até a venda e distribuição de suas aulas. O importante é que seus cursos sejam atrativos e, para isso, é necessario desenvolver suas noções sobre educação, design, produção de vídeos, vendas e relacionamento na web.

O primeiro passo é o planejamento.

Você deve pensar em alguns pontos cruciais durante o planejamento de sua plataforma. Inicialmente, pense em seu público: Qual a faixa etária de seus alunos? Qual a ocupação/profissão deles? São estudantes de uma área específica ou geral? Qual é o conhecimento prévio dos alunos sobre a temática que será tratada? Respondendo a estas perguntas você irá traçar o perfil de seu público e pode alcançar de forma mais efetiva bons resultados e um maior interesse em seus alunos.

Ainda na fase de planejamento, preocupe-se em planejar previamente os assuntos que serão abordados durante o curso e o nível que será necessário nas diversas fases de suas aulas. Sempre disponibilize o programa do curso na hora de vendê-lo ao aluno e seja sincero sobre o que está oferecendo.

O planejamento do tempo de duração de cada aula e do curso no total também é essencial e deve ser feito de acordo com seu público e seu conteúdo. Esse planejamento ajuda inclusive a estabelecer valores na hora de vender seu material. Com esse dado de tempo disponível em mãos, faça a divisão do conteúdo de forma coerente, fazendo com que o interesse do aluno se mantenha durante o curso.

Calcular a verba que você tem disponível para investir em seu curso também faz parte deste momento inicial de planejamento. Dependendo da verba disponível, você pode gastar com profissionais, produção de conteúdo, plataforma para aulas online, e tudo mais que seu EAD necessitar. O ideal é que você pense bem e divida os gastos entre o que for mais importante e o que for mais caro.

Depois do planejamento, começa a fase de produção. Pense no conteúdo que será utilizado em seu EAD e planeje o formato em que ele será divulgado (áudio, texto, vídeo, animações…) e com isso roteirize e produza seus conteúdos para alcançar os objetivos de seu curso. O fato de investir no formato de aulas online em vídeo já é um grande diferencial, como já explicamos em posts anteriores aqui no blog.

Para começar a criar seus vídeos, você precisa planejar o conteúdo e escrever um roteiro, além de adquirir equipamentos e um espaço adequado para sua filmagem. Estudar um pouco de edição ou contratar um profissional também é necessário. Além disso, os professores que vão ministrar suas videoaulas devem ser preparados para isso, pois falar para uma câmera é diferente de falar para uma sala cheia de alunos.

Você pode ainda reutilizar conteúdos já produzidos, adaptando-os ao formato que será utilizado em sua plataforma, como uma forma de reciclagem de seus materiais. Além disso, nesta fase de produção, você pode evitar o gasto de tempo e dinheiro com materiais complementares e indicar conteúdos prontos, como filmes, artigos e documentários já disponíveis na internet. Faça seu aluno buscar aprofundar seus conhecimentos com conexões interessantes.

Depois de todas as fases acima, chega a hora de disponibilizar seu curso na internet.

Para aproveitar de forma eficiente todo o trabalho que você teve com o planejamento e produção escolha um ambiente seguro para disponibilizar seus cursos, com uma plataforma intuitiva, com fácil gestão e, se possível, possibilidade de monetização de forma prática. Procure também uma plataforma que disponibilize a possibilidade de personalização e integração, bem como suporte para dispositivos móveis.

A plataforma da Zoeweb disponibiliza tudo isso para você, com o diferencial de disponibilizar diversos relatórios sobre seus conteúdos.

Na fase de divulgação e venda de seus conteúdos o importante é lembrar de seu público alvo e dos objetivos de seu curso. Para vender cursos online, você pode optar por vender suas aulas separadamente, vender o curso completo ou disponibilizar a opção de pagar por uma assinatura.

A venda de aulas separadas é ideal para instituições que conseguem manter um padrão em seus conteúdos e trabalham eles de forma mais específica, em uma única aula. É interessante para alunos que precisam saber de um assunto bem determinado, não sendo necessário consumir um curso inteiro com conteúdos relacionados.

A venda de cursos completos já é mais indicada se os alunos desejam saber de um assunto de forma ampla e aprofundada. Já o modelo de assinatura é semelhante a plataformas como o Spotify ou Netflix, onde o aluno pode consumir a quantidade de cursos e aulas que desejar por um preço fixo pago periodicamente.

A última fase é realizar a divulgação de seus cursos.

Noticie seu conteúdo onde seu público alvo está. Seja no Facebook, Twitter, Instagram, LinkedIn, Snapchat, anúncios no google, em sites especializados ou em TV jornal e rádio. O importante é fazer com que seu produto chegue ao maior número possível de consumidores.

Apesar de parecer muita coisa para fazer, no fim das contas é bem simples montar cursos online. O necessário é investir de forma eficiente em planejamento, conteúdo, uma plataforma que atenda às suas necessidades, um modelo de vendas adequado e uma divulgação eficiente.

A Zoeweb te ajuda com tudo isso!

Fale com um de nossos especialistas.

0800 885 5616