Orçamentos

Blog

Fique por dentro das novidades da zoeweb e da tenologia de streaming

Se você já aderiu ao consumo de produções de entretenimento (prioritariamente música e filmes) via streaming já deve ter reparado que a biblioteca disponível nos serviços de áudio são bem melhores do que nos serviços de vídeo.

Nos serviços de áudio, os lançamentos mais recentes já ficam disponíveis em alta qualidade de maneira bem rápida. Enquanto isso, os serviços de vídeo contam com uma biblioteca não muito satisfatória. Enquanto existem milhares de músicas disponíveis para audição, o número de filmes e séries não funciona da mesma forma.

Os números de músicas disponíveis nos serviços de streaming são impressionantes: a Apple diz ter mais de 30 milhões de faixas, o Spotify afirma o mesmo e o Deezer supera as expectativas e possui cerca de 40 milhões.

Enquanto isso, a Amazon diz ter (apenas) 15 mil filmes e episódios de TV disponíveis como parte do Amazon Prime Video e o Netflix também possui a mesma quantidade de títulos nos EUA.

O licenciamento é o fator que mais influencia nesta diferença.Enquanto é fácil para uma gravadora lançar um disco para streaming na Apple Music ou Spotify, os lançamentos de filmes obedecem uma lógica bem complexa, chamada de “windowing”.

Basicamente este processo consiste em diferentes formas de lançamentos em várias plataformas. Cada passo do cronograma de lançamento possui retornos muito diferentes e é calculado para gerar o maior lucro possível.Com um disco, o cronograma de lançamento costuma ser prático e simultâneo. O artista lança o CD/vinil, já disponibiliza as faixas para downloads e streaming, tudo ao mesmo tempo.

Já a “janela” de lançamento dos filmes, segue o seguinte cronograma:

– Lançamento nos cinemas, que dura cerca de quatro meses

– Lançamento em DVD/Blu-Ray, assim como VOD (vídeo sob demanda); esses são exclusivos por alguns meses

-Disponibilidade na TV paga, geralmente a partir de seis meses após o lançamento, durando potencialmente por quatro anos

-Liberação para a TV aberta

-Serviços de vídeo sob demanda por assinatura/streaming ilimitado

E este cronograma ainda é diferente para filmes que vão direto para o Netflix ou filmes e séries produzidas diretamente para o Netflix, Amazon, Hulu ou outros serviços. E tem outro detalhe ainda: alguns filmes e séries de TV são retirados dos serviços de streaming, para continuar a vender DVDs e Blu-Rays.

Apesar da funcionalidade do streaming e da qualidade da tecnologia usada nas transmisões, a burocracia ainda impede o avanço de algumas plataformas.

Se você é um consumidor de streaming, o jeito é esperar que as empresas se adaptem às tendências de mercado e evoluam suas plataformas. Se você é um produtor de streaming, produzir conteúdos próprios talvez seja uma boa saída para melhorar sua biblioteca de produções sob demanda.

Acha o mercado de streaming interessante e quer montar um serviço de áudio ou de vídeo?

Fale com nossos especialistas e tenha a Zoeweb como parceira neste empreendimento.

0800 885 5616 ou www.zoeweb.com.br