Orçamentos

Blog

Fique por dentro das novidades da zoeweb e da tenologia de streaming

Nós já comentamos algumas vezes por aqui sobre as melhores formas de realizar sua transmissão ao vivo pela internet (livestreaming). Mas não custa nada ressaltar o que NÃO fazer para manter a qualidade de seu conteúdo, não é mesmo?
 
As dicas abaixo servem para evitar falhas básicas que esse tipo de comunicação não deve ter, pois se ocorrerem podem trazer uma imagem negativa para sua empresa.
 
Para começar, NÃO ignore a qualidade de seu vídeo e som. Parece redundante comentar isto, tendo em vista que o livestreaming é justamente a transmissão destes dois tipos de conteúdo via internet, mas é necessário pensar além da simples reprodução do que está sendo filmado. O consumidor final de seu conteúdo, o espectador, deve ter plena compreensão do que está acontecendo, tanto no quesito de imagem quanto de áudio, então é possível que você tenha que comprar equipamentos de captação de som se sua estrutura for muito grande. Ou um equipamento de imagem melhor, para que seu vídeo fique mais nítido.
 
O espectador tem que se sentir como se estivesse realmente presente no local, este é o objetivo de seu streaming. Sempre considere o espaço em que o conteúdo está sendo captado, a quantidade de pessoas assistindo presencialmente e pela internet e principalmente sua verba, para planejar o quanto pode investir em sua transmissão.
 
NÃO menospreze a qualidade de sua internet. Não basta apenas estar conectado para realizar o streaming, é ideal que sua conexão aguente o fluxo de dados que sua transmissão vai proporcionar. Se o link de sua transmissão cai toda hora, as pessoas vão ficar frustradas por não conseguirem realmente saber em tempo real tudo que está acontecendo na ocasião e vão desistir de acompanhar, fazendo com que você perca o investimento que fez e, talvez, a credibilidade para próximas transmissões.
 
Planeje sua transmissão antes de executá-la ao vivo, pensando em quantas pessoas vão acessá-la e se a conexão e o servidor suportam essa quantidade de acessos. O padrão indicado é disponibilizar uma conexão de no mínimo 2MB de uplink dedicado e exclusivo para o servidor de upload. É bom também ter um time de suporte preparado para te ajudar com possíveis eventualidades. No livestreaming tudo pode mudar em questão de segundos, mas “quem sabe, faz ao vivo”.
 
Por último, mas não menos importante, NÃO deixe que seus espectadores enfrentem travamentos e demora para carregar seu link de streaming. Estas questões tem a ver com a questão de streaming acima e, desta forma, a mesma dica dada acima serve para estas situações também: planeje sua transmissão.
 
Veja aqui algumas dicas para realizar seu livestreaming da melhor forma.
 
Qualquer dúvida, fale com um de nossos especialistas!
0800 885 5616