Orçamentos

Blog

Fique por dentro das novidades da zoeweb e da tenologia de streaming

A cada segundo novas idéias e investimentos no mercado de streaming são criados. A Zoeweb sempre apresenta novas tendências para seus clientes e o Insight mais recente observado é o chamado “Periscope”.
 
Periscope é um aplicativo de streaming de vídeo ao vivo para IOS e Android. O projeto foi considerado uma startup e comprado pelo Twitter por (supostamente) Us$100 milhões. O aplicativo se relaciona com a rede social citada acima mas também cria sua própria rede de contatos particular durante as transmissões. Em Agosto de 2015, quatro meses após o lançamento da ferramenta, o aplicativo já tinha atingido a marca de 10 milhões de usuários.
 
Os usuários do Periscope são capazes de escolher se desejam ou não tornar pública sua transmissão, ou se querem simplesmente que ela esteja visível para certos usuários como seus amigos ou família. O aplicativo permite que os espectadores possam enviar “corações” para uma transmissão tocando na tela do celular como uma forma de valorização. Os usuários também podem procurar transmissões através da sua localização, podendo ser notificado quando um perfil que o usuário segue iniciar uma transmissão.
 
Infelizmente há relatos também de que o aplicativo pode ser utilizado de forma incorreta, como por exemplo para pirataria de vídeo. Esta questão veio a tona no lançamento do aplicativo, quando vários usuários transmitiram a estréia da 5ª temporada de Game Of Thrones da HBO ao vivo.
 
A rede fez a afirmação de que era necessário o serviço fazer melhores ferramentas e políticas para lidar com conteúdo protegido por direitos autorais. Desta forma, os termos de serviços do Periscope especificam que retransmissão de conteúdo com direito autoral viola os termos de uso do serviço, e pode resultar na suspensão ou proibição da conta do ofensor.
 
Os vídeos transmitidos ficam disponíveis posteriormente, mas apenas durante 24 horas. É uma espécie de galeria para que o streaming fique no modo “on demand” para que não conseguiu assistir a transmissão ao vivo.
 
Após o Vine, em que os usuários têm opção de postar vídeos gravados, e o snapchat que se apresentava como uma ferramente que (teoricamente) respeitava a privacidade dos usuários já que as mídias enviadas só poderiam ser visualizadas uma vez e não salvas, agora surge esta ferramenta de transmissão, que pode ser muito completa e útil em vários sentidos.