Orçamentos

Blog

Fique por dentro das novidades da zoeweb e da tenologia de streaming

Não há duvidas de que os donos das maiores tendências em tecnologia no momento são os dispositivos móveis. Já exemplificamos alguns dados deste mercado em um infográfico bem detalhado e sugerimos aplicativos para dar mais mobilidade para a transmissão do seu streaming.

Mais uma vez vamos voltar a bater nesta tecla: investir em dispositivos móveis é uma escolha lucrativa, inteligente e segue as maiores tendências de mercado atual. Pensando de forma bem simples: quando as pessoas precisam de alguma coisa atualmente, elas buscam instantaneamente seus telefones. A necessidade de ter uma resposta ou solução certa e imediata faz com que esta seja a saída mais prática para a sociedade em geral.

E quanto à publicidade? Realmente existe espaço para vender produtos neste meio que requer agilidade e o mínimo de “enrolação” possível?

Segundo pesquisas do projeto Think With Google: SIM.

Usuários de dispositivos móveis são de fato mais prováveis de assistir, compartilhar e se sentir conectado aos anúncios e vídeo publicitários de marcas. O chamado mobile marketing é visto como um mercado interessante para se investir.

As telas dos celulares têm um impacto inversamente proporcional ao seu tamanho: a pequena extensão faz com que o impacto do vídeo reproduzido seja de certa forma bem maior. Foi comprovado que 50% da audiência global sobre o YouTube vem de dispositivos móveis. Como já relatado em outras pesquisas do Google, a geração “millenial” (também chamada de Geração Y, ou Geração da Internet – que refere-se a pessoas nascidas em meio a grandes avanços tecnológicos, mais precisamente após 1980/meados da década de 1970) tem uma propensão 2 vezes maior de ter foco enquanto assiste a um vídeo no celular do que durante uma exibição na TV. Para eles, o celular não é a segunda ou terceira tela. É a primeira.

Segundo dados da pesquisa realizada, as pessoas que vêem vídeos em seus telefones são 1.4X mais propensas a assistir anúncios do que aqueles que vêem vídeos em computadores ou TVs. E os telespectadores de smartphones não são apenas mais propensos a ver os anúncios; eles também são mais inclinados a compartilhá-los e têm 1,8x mais probabilidade de compartilhá-lo do que fariam em desktops.

Essa compulsão de compartilhar estende-se para a vida off-line, também. Os usuários de smartphones são 1.6X mais propensos a comentar com as pessoas com as quais estão se relacionando pessoalmente o conteúdo de vídeo que estão assistindo (quem nunca se pegou mostrando algo que recebeu no Whatsapp para um amigo direto da tela de seu celular em um encontro casual, ao invés de conversar sobre assuntos relacionados a vida real?)

A pesquisa descobriu também que, além de serem mais propensos a assistir e compartilhar anúncios e conteúdos de marcas, os telespectadores de vídeo mobile sentem um tipo de conexão pessoal com marcas que mostram o conteúdo de vídeo ou anúncios em seus dispositivos. Isso é intuitivo pois, quando você pensa em assistir um vídeo em seu smartphone, é fácil perceber que é uma experiência mais íntima e pessoal do que assistir algo em um desktop ou TV. Parece natural que o vídeo móvel seja o lugar para as marcas construirem conexões mais pessoais.

A opção de pular os anúncios é tida como importante pela maioria dos usuários de dispositivos móveis e, por isso, é interessante ressaltar que as marcas precisam ser sensíveis à experiência pessoal que as pessoas têm em seus smartphones. Uma maneira de respeitar os usuários móveis é disponibilizar esta escolha nos anúncios que consomem.

Mais de 50% das pessoas pesquisadas disseram que usaram vídeo para ajudá-los a tomar decisões sobre produtos em lojas ou em sites de empresas, listando o YouTube como seu destino número 1 para encontrar informações sobre uma marca ou produto.

Assim como ocorreu com a introdução da internet por si só, os dispositivos móveis têm agora um importante impacto sobre o comportamento do consumidor. Os consumidores estão alcançando seus telefones para procurar respostas e cada vez mais para assistir a vídeos.

Sendo assim, as marcas e empresas de publicidade devem ter em vista que atendendo às necessidades deste grande mercado de consumidores, podem alcançar resultados bastante relevantes em suas ações.

 

mobile_marketing_rodape

Fonte: Why Online video Is a Must-Have for Your Mobile Marketing Strategy – Think With Google